Meu pais…Portugal

 
 
um dia , num chat , um portugues me injuriou por cauza de ser emigrante..me disse que nos diziamos que gostavamos de portugal mas nao deviamos gostar mais do que ele , porque quem la vive ha que sofre ..
 
aqui se vê a mentalidade dos portugueses de portugal , que importancia saber quem gosta mais de Portugal…gostamos e também sofremos , nao da mesma maneira mas sofremos…
 
 
aqui no centro da França , é onde se encontra a comunidade de portugueses mais importante seguir a Paris…temos aqui algumas associaçoes , onde os fims de semana podemos ir comer um bacalhau , um arroz de cabidela e outros pratos tipicos com bebidas bem portuguesas , um bom vinho verde o um vinho do Dao , sagres e sumol , e a seguir para ajudar a digestao um  orquestre   nos faz dançar um vira o uma marcha , musica bem portuguesa que adoramos… 
 
Um emigrante é uma pessoa que deixou seu coraçao em Portugal vive no estrangeiro , gosta de voltar o pais…falamos mal o portugues , as vezes até falamos muito francês porque é a lingua do nosso dia a dia , no nosso trabalho , as demarchas ,etc , nao é por outra coisa …é triste nao saber falar bem nossa lingua.
 
Ao longo destes anos , pude ver a evoluçao dos portugueses e nao so eu , muitos de nos que vivemos ca pensamos igual…tudo aconteceu depois do 25 de abril …a liberdade …me parece  que a partir dessa data se fez tudo de qualquer maneira , tudo e mais alguma coisa , sem pensar no dia de amanha…
 
encontrei  este artigo hoje que diz  exatemente aquilo que penso…
 
Ahelena sacadura cabral

o longo dos anos pude assistir à transformação dos hábitos e da forma de viver em Portugal. E verificar como, sem quase se dar por isso, nos fomos habituando a considerar como normal a posse de bens que, apenas há algumas décadas, só um reduzido número de pessoas poderia ter.
 
Comprar a cópia duma carteira Louis Vuitton ou de um relógio Cartier significa que se adquire também um "pseudo-estatuto". E é este que as pessoas pretendem personificar.

Não sou moralista e até fico prejudicada se aquilo que escrever for reproduzido em detrimento da aquisição do original. Mas talvez por sentir que, quando lanço um livro, ele deixa de ser meu e passa a ser dos seus leitores, tenho mais complacência para a falsificação cultural do que para a cópia social. A primeira ainda pode constituir uma tentativa de enriquecimento espiritual. A segunda é a falsida- de sem justa causa. Para parecermos quem não somos. Que é reveladora de uma filosofia do efémero que, pessoalmente, me desagrada. E talvez explique a minha aversão às tradicionais feiras destes objectos. Na verdade, hoje como ontem, continuo a preferir um modesto original à medíocre imitação. No vestuário como na vida


 
 
o estado  , tambem faz de mesmo , é muito bonito uma grande arvore , muitas luzes mas  nao é isso que vai ajudar alguns que vao passar o Natal com pouca coisa ..so imaginar o dinheiro que isso custa  e para a inauguraçao um fogo de artificio..seria melhor se esse dinheiro estragado fosse dado a quém precisa…isso tudo é para tapar os olhos de quem ai vive…assim  ficam orgulhosos de ter a maior arvore de Natal ..
 
 
 A maior árvore de natal da europa Dois milhões de luzes no Paço 
 
  
 Nem a chuva miudinha afastou as centenas de pessoas que ontem à noite se juntaram no Terreiro do Paço para assistir à inauguração da maior árvore de Natal da Europa que, , pelo segundo ano consecutivo, marca presença em Lisboa.

 

Além da árvore agora inaugurada no Terreiro do Paço, as ruas de Lisboa já estão iluminadas com as tradicionais luzes de Natal. Este ano são 38 as vias da cidade decoradas, mais duas do que em 2004.

 
 
 

Sobre Lena

Tenho muitas paixoes, mas a principal é viver
Esta entrada foi publicada em Em Portugal. ligação permanente.

2 respostas a Meu pais…Portugal

  1. Fernando diz:

    O ridiculo da situação é que a inauguração teve a presença de "Sua Excelência o Sr. Presidente da Câmara", todo imponente e saltitão. Ridiculo. A Helena Sacadura Cabral é uma excelente pessoa, mãe dos irmãos Portas e tem razão. Nós nunca perdemos as raízes às coisas que aprendemos a gostar, estejemos onde quer que seja. A afirmação do teu parceira no chat não tem sentido.

  2. CHRIS diz:

    Un petit bonjour !Merci pour ton passage et ainsi que pour ton commentaire chez moiTu me demande le texte sur l’amitié ! prends le ! bien sur que cela ne me derange pas ! et je pense que chez toi il auras sa place !Tu peux prendre ce que tu desire ! Pour ce qui concerne mon sejour au Maroc ! vraiment tres bien, je pense que tu as du voir les photos sur mon espace !Mais retour tres difficile, non seulement a cause des conditions climatique, car j’avais 26° et en France juste 2°, mais mardi c’etais la greve sncf , et mon retour pour toulouse limoges, c’est effectuer ainsi ! bon pas de majoration de tarif ! mais grande visite de la france ! pour rentrer ! tgv de toulouse agen bordeaux angouleme poitiers tours paris changement de gare et paris limoges ensuite pas moins de 11 heures de train ! mais bon c’etais mieux que de rester au froid dehors !Voila !Je te souhaite une tres tres bonne journéeAmicalementChris

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s