Meu querido Portugal

 
                                        
 
Faz mais ao menos 8 meses, escrevi "Portugal visto pelo uma emigrante"..era aquilo que  sintia, via quando ai vou, sem ter certezas do que dizia..antes de o publicar até perguntei a um amigo o que ele pensava desse texto, se o podia postar o nao, achava que estava a criticar demais meu pais..sobretudo que nem la vivo..mas como tenho dito este espaço é meu e meto aquilo que sinto e gosto..
8 meses depois…se hoje voltasse a escrever lo, acho que as palavras até me faltavam para descrever o que estou sintindo..
so vou dar um exemplo, meus irmaos e eu pensamos em trazer meus pais para ca…meu pai precisa de ser seguido por médicos e ai é uma miséria..nao é por falta deles, é uma desorganizaçao total que nao consigo comprender, ja nem procuro perceber como isso funciona..esta tudo feito para os ricos..
Mas continuo a pensar que esse pais é unico, é maravilhoso e como ele nao ha igual..
  
 
 

Sobre Lena

Tenho muitas paixoes, mas a principal é viver
Esta entrada foi publicada em Em Portugal. ligação permanente.

7 respostas a Meu querido Portugal

  1. CHRIS diz:

     
    Un petit bonjour aujourd’hui ! après ta visite très fortement appréciée sur mon espace !
    je m’excuse de ne pas etre tres long dans mon commentaire, mais comme je n’etais pas chez moi depuis une semaine, j’ai ennormement de reponses a faire !
    Mais je tiens tout de meme a te souhaiter un joyeux 1er mai, avec pleins de voeux de bonheur !



    Bisous
    Amicalement
    Chris

  2. Carlos diz:

    De volta, começa a ser um habito ( bom , claro ) maravilha, o nosso portugal, um beijo***

  3. Dia diz:

    O sistema de saúde funciona muito melhor em França. Eu tenho uma tia emigrante em França que depois de ter construido a sua casa de sonho em Portugal, apareceu-lhe uma doença crónica degenerativa e, ela viu-se "obrigada" a comprar casa em Paris para se tratar. Mas portugal é um excelente pais e o clima então não se compara.
    Um beijinho

  4. Lud diz:

    quem não se sente não é filho de boa gente… Ainda bem que nós sentimos tanta coisa que nos magoa na Pátria-Mãe… Pena é que muitos daqueles que ela directamente amamanta… já não sintam nada… Não me quero adiantar, apenas te deixo um poema escrito em 10 de Junho de 2005 !!!
    Hoje, Portugal
    me dá fome
    de justiça
    por ver seu nome
    devassado no bacanal
    de quem o usa
    para as suas orgias,
    de quem dele abusa
    todos os dias,
    e de quem o saqueia
    e nele deixa a sua verborreia…
     
    Ontem, Portugal
    me despedaçou o coração
    porque, perdido
    nos meandros da revolução
    me trouxe iludido
    e me saqueou a paixão
    de menino…
    Eram tempos de incerteza,
    tempos de desatino,
    tempos de labuta
    de dureza,
    de luta
    e de fome sobre a mesa,
    mas, mesmo magoado
    e do sonho espoliado,
    a esse Portugal
    ao meu país de Abril
    eu ja perdoei verdadeiramente 
    porque Liberdades mil
    me deu generosamente
    e nunca o seu nome
    me fez passar vexame
    me fez sentir envergonhado
    de ser quem era,
    ao de agora
    perdoar não posso,
    porque trata o cidadão
    pior que cão sem osso
    e nem ilusão
    ele já sabe criar…
     
    Mesmo assim,
    eu trago Portugal na alma
    para melhor poder
    fazer sangrar o coração,
    porque dentro de mim
    a ira e revolta
    sempre andarão à solta
    até que o meu país
    se livre dos sem-vergonha
    e dessa peçonha
    parasita e maldita
    que o fez cair em desdita!…
     
    Ai Portugal,
    Portugal Conquistador
    amaldiçoado foste
    no dia em que engendraste
    o teu próprio Adamastor!
     
    LMP, LUXEMBURGO

  5. Eleuterio diz:

    É com profunda mágoa que escrevo estas linha no teu blog.
    Sou portugues e o orgulho de o ser, tem sido aqui e em todos os cantos do mundo, aonde possa estar um, que a defesa e o orgulho, aparece imediatamente.
    Mas ser portugues não me parece que seja lá grande coisa, a Nação nasceu com o filho a bater na mãe, falo de D. Afonso Henriques, o rsto da historia até aos nossos dias é subejamente conhecida, mais pelas suas miserias que virtudes, salva-nos a época dos descobrimentos. Após tantos anos de repressão politica, fome e guerra, eis que o 25 de Abril, liberta este povo sedento de liberdade, de pão, de cultura, de paz, igualdade, etc. Que ganhou o povo?
    32 e dois anos após Abril, estamos no estado que todos conhecem. E são exactamente os que levaram o país a este labirinte (os politicos da direita á esquerda), acusam a toda a hora quem trabalha, seja privado ou publico por esta culpa.
    Helena, parece-me, não, tenho certeza que vives num páis livre, democratico e fraterno aonde a vida ainda tem algum sentido, aonde ainda se pode viver.
    Aqui, ha anos atraz, falava-se na construção de hospitais e escolas como forma de tratar o cidadão, culturalmente e na saude, HOJE, fecham-se escolas e maternidade, centros de saude, um contracenso…. e nada mais escrevo, porque tenho vergonha de ter aqui chegado, escrever estas linhas sobre o meu país que tanto amo e adoro, PORTUGAL
     

  6. Helena diz:

    Sabes Eleutério, é com muito prazer que te leio sempre, ter vergonha daquilo que escrevestes ? nao deves ter, so tas dizendo como ai é, e sabes que muitos pensam assim…
    a culpa ? nao é so dos que nos governam, também a do povo que nao reage a nada, nao luta, nao se  uni..reparastes, quando ha um Benfica Porto, a multidao que la esta, todos juntos pela a vitoria da sua equipa..é isso que falta para a vitoria do nosso pais..também falta outras coisas, boms politicos que olhem um pouco a volta deles, que andem um pouco no terreno e menos em reunioes e viagens de agremento..
    um beijinho e volta sempre

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s