jorge palma

                  

                  Há tanto tempo (espero por ti)

 

Há tanto tempo espero por ti
na solidão do meu lugar
vem aquecer-me a cama
traz flores para o jantar

Sempre habitaste o meu coração
és a razão do meu fervor
mas não te vejo a cara
não sinto o teu calor

Podes contar ao mundo
como eu te procurei
quando me for embora
diz que te encontrei

Mesmo que tu não sejas real
ou sejas quem eu não previ
hei-de inventar-te sempre
hei-de esperar por ti

Podes contar ao mundo
como eu te procurei
quando me for embora
diz que te encontrei

quando eu me for embora
diz que te encontrei

 

      

 

Depois de ouvir esta cansao, tinha escreito estas linhas que seguem..

 

Um dia veras…

 

na solidao deste mundo
 
Ha tanto tempo esperava por ti
 
meu coraçao estava so
 
chegastes devagarinho
 
deixando tua amizade
 
sinti teu calor
 
sonhando acordada
 
te procurando
 
um dia saberei com poesia
 
poetizar sobre tu e eu
 
dizer te aquilo que sinto
 
um dia veras…
 
  
Helena

 

Sobre Lena

Tenho muitas paixoes, mas a principal é viver
Esta entrada foi publicada em Non classé. ligação permanente.

6 respostas a jorge palma

  1. Dia diz:

    Lindissimo…. Nunca tinha lido nada deste autor.
    Mas este poema é muito lindo mesmo
    _Um beijinho

  2. Carlos diz:

    O Jorge Palma é uma especie de cantor maldito, veio do nada e fez-se a ele proprio, agora mtos se colam a ele, qd sempre se esqueceram dele, mas enfim…quem sabe o q faz normalmente triunfa, e ele já o conseguiu, Jorge Palma é dos melhores autores de letras nacional dos ultimos tempos, para além de cantar mt bem, letras como o Fragil, Mamã…Mamã…,Portugal…Portugal…e Da-me lume, podem mt bem fazer parte de qq compendio de letras de canções nacional, q não deslustra nada.
    Um beijão volta sempre**

  3. Smile diz:

    HELENA…
    Amiga,sempre que fico distante,envolto no consultório,sublimado
    em pensamentos…devo confessar que a saudade aumenta…Hoje,após a vitória…humilde mas grandiosa como amizade que
    nos cerca, venho dar meu carinho de sempre…um abraço…e meu poema…Abraço na areiaSentada em meus joelhos, desprovida de palavras,pensamentos, recolhe meu ombro o rosto, leve sorriso e olhos entrecerrados. Solta no ar a quietude dormida, com auras místicas de que sabemos só você e eu. E a mente joga e balança na sombra de um mundo imaginário. Nada se movimenta em torno, como o água salgada,tranqüila do mar manso; detida a areia na pele,cabelo escorrido de mar e sal, dormido o vento, imóveis os pássaros… Que abraço interminavelmente dôce; não movimente, mulher, do meu cansaço…prazer, amor e abraço(Vitor Cristiano).

  4. dias diz:

    oi lena:
    neste dia de feriado,desejo-te um bfdsemna.
    Jokas
    fernando

  5. dias diz:

    Oi
    Lena
    è feriado religioso
    Dia do corpo de Deus…
    Jokas
    fernando

  6. Unknown diz:

    Olá Helena,
    Lindo poema muito sentimental, votos de um dia alegre e feliz.
    Beijinhos,
    Tózé
     

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s