meu dia-a-dia

 
 
        

gémidos de dor

lamentos de sofrança

ouvir dizer

" eu quero morer "

o " deixam me morer "

e nos ali demunidos

faça aquele destino

que faço eu ali ?

as vezes quero fugir

nao quero ouvir

nao quero ver

quero refugiar me neste mundo virtual

esquecer este dia-a-dia

faz me sonhar

leva me por aquele mundo fora

por cima das nuvens

travessando mar e montanhas

até o infinito

onde a dor nao existe

onde tudo é amor e doçura

helena

     
 

Sobre Lena

Tenho muitas paixoes, mas a principal é viver
Esta entrada foi publicada em Poesia. ligação permanente.

2 respostas a meu dia-a-dia

  1. Dia diz:

    Só quem como nós trabalha com o sofrimento dos outros dando-lhes amor constantemente na sua desesperança o sabe quanto é importante vir para aqui  e sonhar com um mundo de amor…
    Muito real o teu poema… ás vezes tb me apetece fugir… pois todos os esforços são em vão…
    Mas… fazemos lá falta… podemos sempre dar o nosso carinho, conforto e compaixão…
    Beijinhos

  2. Unknown diz:

    Olá Helena!!!
    O poema retrata o dia a dia de muita gente que sofre,
    mas a vida é assim mesmo feita de alegria e dor.
    Votos de um óptimo fim de semana.
    Obrigado pela tua visita e pelo carinho.
    Beijinhos,
    Tózé

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s