EXPRESSÕES NAZARENAS

          
 

Se algo caracteriza fortemente o povo nazareno são as suas expressões, o seu falar muito peculiar e o modo como se abordam uns aos outros. E é isso mesmo que tento demonstrar em seguida :

 

* ‘tá c’a costa negada !

Diz-se da mulher que está com a menstruação

 

* vai cagar à moitêra !

Expressão dita à pessoa que nos está a incomodar

 

* o Laranja tam’em era munt ric’ e foi p’á cova c’um fat’impestad !

(o Laranja também era muito rico e foi para a cova com um fato emprestado!)

Isto significa que o dinheiro não traz felicidade a ninguém

 

* "você"?!…"você" é o Caguêra !

Responde-se a alguém que nos trate por "você", O Caguêra tratava todos por "você"

 

* é pió’quà cadela do Monas !

(é pior que a cadela do Monas!)

Diz-se de uma mulher vadia – a cadela do Monas andava sempre prenha

 

* vai dá uma c’mós alh’s do Quespim !

(vai dar uma volta como os alhos do Quespim!)

Diz-se a quem está a falar de um assunto que não interessa

 

* mar à pinoca

Diz-se da onda maior que o mar cria

 

* ‘tá o mar acamad’

(está o mar acamado)

Quando o mar começa a ficar muito bravo

 

* fizets ingôd ?

(fizeste engodo?)

Forma de perguntar se a pessoa vomitou na viagem do mar

 

* cu de poita !

Diz-se a quem tem o rabo grande

 

* só se ‘tá neuva !

(só se está névoa !)

É o que se diz quando não entendem o que se quer dizer, ou quando se procura alguma coisa e não se encontra

 

Sobre Lena

Tenho muitas paixoes, mas a principal é viver
Esta entrada foi publicada em Non classé. ligação permanente.

3 respostas a EXPRESSÕES NAZARENAS

  1. Dia diz:

    Gostei muito.
    Ainda por cima tenho um rabo grandito
    Um beijinho

  2. Fernando diz:

    Olá amiga, o assunto que me trás aqui n tem nada a ver com o post, mas abusando do espaço deixo aqui, por inteiro, um post que escrevi e que me tem revoltado pelo silêncio. Deixo à consideração a minha proposta. E gostaria que, se concordasse, fizesse um post sobre este caso ou desse maior divulgação a este. Cumprimentos.Obviamente demitia-os!Volto a insistir.Não podemos ficar quietos, calados e deixar esquecer, o que se passou na sessão da Assembleia da República na sessão antes da Páscoa.Como foi tornado público e não foi desmentido, houve uma fraude, de vinte e oito deputados, que assinaram o registo de presenças e não compareceram, em nenhum momento da sessão.Isto significa que no dia anterior, assinaram a presença do dia seguinte. Estamos perante uma ilegalidade; a assinatura antecipada do livro de registo de presenças.Mas, tudo indica que ao registarem uma presença antecipada, não o fizeram inocentemente, mas sim, com a intenção de ludibriar e manter os benefícios, de uma ausência prevista.A ser verdade e não diviso outra explicação quanto a outro motivo, os deputados em causa, pretenderam enganar o Estado e receber todos os benefícios constituídos, através da mentira e da fraude, de uma presença/ausência.À luz dos princípios da honestidade, da rectidão e confiança, que são devidos aos cidadãos e eleitores, não podemos aceitar esta tentativa de apropriação fraudulenta de benefícios que lhes é garantida, no exercício pleno das suas funções.Este acto não pode desculpabilizar a debandada de outros deputados, mas não pode esconder a gravidade desta atitude, só pode merecer o mais profundo repúdio e nojo.Em nome dos altos valores da democracia os deputados em causa, deveriam ser demitidos dos seus partidos e se tivessem vergonha, deveriam solicitar a recusa do lugar de deputado.Deixo aqui um apelo a toda a blogosfera: não deixem cair esta aldrabice, denunciem-na, façam-na circular, estabeleçam uma corrente de denúncia por todo o sítio. Exigimos acções e saber a lista dos nomes dos deputados que assinaram a presença e não puseram lá os pés."Entre os que faltaram à votação (79) – assinaram o livro de presença, mas não estiveram no hemiciclo até ao final da sessão – ou os que nem passaram pelo Parlamento (28) e aqueles que estiveram em Missão ao Estrangeiro (13), os serviços da Assembleia registaram a ausência de 120 parlamentares, menos dos que os 116 necessários para que possa existir deliberação. "(PD)

  3. Magali diz:

    Olá!!!
    Desculpe minha ausência, estava resolvendo problemas pessoais, mas já está tudo ok.
    Desejo te um final de semana iluminado.
     
    Amizades são feitas de pedacinhos.Pedacinhos de tempo que vivemos com cada pessoa.Não importa a quantidade de tempo que passamos com cada amigo, mas a qualidade do tempo que vivemos com ele… Cinco minutos podem ter uma importância muito maior do que um dia inteiro. Assim, há amizades que são feitas de risos e dores compartilhadas… Outras de escola… Outras de saídas, cinemas, diversões…Há ainda aquelas que nascem e a gente nem sabe de quê, mas que estão presentes. Talvez essas sejam feitas de silêncios compreendidos, ou de simpatia mútua sem explicação. Hoje em dia, muitas amizades são feitas só de e-mails… São as famosas "amizades virtuais".Diferentes até, mas não menos importantes.Aprendemos a amar as pessoas sem o julgamento da aparência ou modo de ser… Sem etiquetas ou títulos.Amigos de verdade não precisam disso! O tempo que passamos com os amigos de verdade não é tempo gasto…É tempo ganho, aproveitado, vivido.
     
    Beijos no seu coração,
    Magali

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s